segunda-feira, 4 de julho de 2011

Secretário apresenta projetos Diques da Baixada e Barragem de Cajari

Os projetos Diques da Baixada e Barragem de Cajari foram um dos temas mais discutidos durante a audiência pública realizada pela Frente Parlamentar de Defesa da Baixada e do Litoral Ocidental Maranhense, na sexta-feira (1º), no município de Viana. A apresentação dos projetos foi feita pelo secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), Cláudio Azevedo, que representou a governadora Roseana Sarney no evento.

A audiência pública, que também foi realizada neste sábado (2), em São João Batista, teve a participação de mais de 400 pessoas de Viana e de mais 10 municípios que fazem parte da regional. Em Viana, o encontro foi iniciado às 10h e só terminou às 16h. Estão previstas mais duas audiências públicas, que acontecerão nas cidades de Pinheiro (dia 8) e Cururupu (dia 9).

Durante sua apresentação, Cláudio Azevedo informou que o projeto diques da baixada consiste na construção de sistemas de diques, vertedouros e pequena barragem entre os municípios de Viana e Cajapió, numa extensão de cerca de 50 quilômetros, impedindo o avanço da água do mar e retendo por mais tempo a água doce no campo, viabilizando maior aproveitamento da área para a agricultura, a pecuária e a pesca.

Ele disse que a governadora Roseana Sarney já garantiu R$ 15 milhões para o início das obras. "O projeto já está na Secretaria de Infraestrutura e estamos aguardando a licença ambiental emitida pela Secretaria de Meio Ambiente, o que só deve acontecer após a realização das audiências públicas, que devem ser realizadas daqui a três meses", informou o secretário de Agricultura.

Cláudio Azevedo afirmou que o Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, disse, em reunião à governadora Roseana Sarney, que dará atenção especial ao projeto e que também instalará no Maranhão uma coordenadoria estadual da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Rio Parnaíba (Codevasf) para auxiliar no desenvolvimento dos projetos. "Ainda este mês nós iremos discutir este projeto com o presidente do Senado Federal, José Sarney e a Bancada Federal do Maranhão e o Ministério Público", complementou Cláudio Azevedo.

A barragem de Cajari será construída no rio Maracu. O barramento do rio vai regularizar o volume de água nos lagos de Viana e Penalva na estação seca, impedindo também a salinização dos lagos de Viana.

Para o geógrafo e presidente da ONG Arariba, Nonato Moraes, a construção dos diques é um projeto relevante para a baixada porque vai melhorar as condições de vida da população. "É necessário nós sabermos o que vem agregado a esse projeto. Se terá ações voltadas para a saúde, educação e se terá manejo ambiental", afirmou ele, garantindo que não faltará à audiência pública que tratará especificamente deste projeto. "Com certeza eu vou participar dessa audiência para que possamos aprofundar as questões e os debates", complementou Nonato Moraes.

O deputado Jota Pinto, presidente da Frente Parlamentar de Defesa da Baixada e do Litoral Maranhense, explicou que as audiências têm o objetivo de discutir com a população as demandas da região para que possam ser inseridas nas políticas públicas do governo estadual. "Nós convidamos o Governo do Estado para apresentar estes projetos dos diques e da barragem, que darão uma nova vida aos campos da Baixada Maranhense", afirmou Jota Pinto.

Também participaram da audiência pública os deputados estaduais Hélio Soares, Edson Araújo, Edilázio Júnior, Eduardo Braide, Raimundo Cutrim e Marcelo Tavares, além do deputado federal Carlos Brandão. Também estavam presentes os secretários Pedro Fernandes (Cidades e Desenvolvimento Urbano) e Francisco Gomes (Desenvolvimento Social), o superintendente estadual do Núcleo de Programas Especiais (Nepe), César Viana, além de prefeitos, vereadores, agricultores, pecuaristas, pescadores, professores, advogados, radialistas, líderes comunitários e representantes de organizações não governamentais.

Além da apresentação dos projetos Diques da Baixada e Barragem de Cajari, gestores da Cemar e das operadoras de telefonia móvel e celular, Oi e Vivo, também apresentaram os investimentos das empresas na região da Baixada Maranhense.
Baixada Maranhense

A Baixada Maranhense é composta por 34 municípios pertencentes às regiões de Planejamento da Baixada Maranhense, Pericumã, Litoral Ocidental, Lagos, Mearim, Eixo Rodoferroviário, Pindaré e Baixo Itapecuru.

De acordo com dados do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), a população total dos 34 municípios é de 747.940 pessoas. Dados de 2009 apontam que os principais produtos agrícolas são: arroz, cana de açúcar, feijão, mandioca e milho. A região possui um rebanho de 464.802 bovinos e 62.317 bubalinos.

Fonte:http://www.oimparcial.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

VIDEOS

Loading...