sábado, 14 de maio de 2011

Assaltantes de banco são transferidos para São Luís


Os seis assaltantes membros da quadrilha que assaltou a agência do Bradesco, no município de Vila Nova dos Martírios, na manhã da última segunda-feira, 9, foram transferidos para São Luís. Eles foram presos durante a Operação Vendaval, realizada pelas forças de segurança do Maranhão; a ação resultou na morte de dois criminosos, em confronto com a polícia.
A apresentação da quadrilha aconteceu na manhã de ontem, no Auditório Leofredo Ramos, no prédio da Secretaria de Segurança Pública, (SSP), durante entrevista coletiva concedida à imprensa.
Presentes na entrevista coletiva, secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes; o delegado geral de Polícia Civil, Nordman Ribeiro; o comandante geral da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), coronel Franklin Pacheco; o secretário adjunto de Assuntos Estratégicos, Laercio Costa; o superintendente regional em exercício da Polícia Federal, Gustavo Paulo de Souza; e o delegado federal chefe da Delegacia de Proteção a Crimes Contra o Patrimônio, Sandro Rogério Jansen.
A operação foi articulada por meio de uma Força Tarefa comandada pelas equipes de investigação da Polícia Federal, Grupo Tático Aéreo (GTA), Grupo de Operações Especiais da Polícia Militar e Superintendência Estadual de Investigações Criminais da Polícia Civil.
Foram presos Ivo Jhonatan da Costa Silva, Ruideglan Lopes Queiroz, o “Índio”; José Rodrigues, Tiago Lopes da Silva, Jefferson Albuquerque de Sousa e Anderson Pereira da Costa. Eles foram detidos na cidade de Rondon, no Estado do Pará.
Durante a ação policial, Augusto Cesar Sousa de Oliveira e outro homem identificado apenas como Daniel foram mortos em confronto com policiais. Eles são suspeitos de participarem ao assalto à agência bancária do Bradesco, no município de Vila Nova dos Martírios, interior do Maranhão, ocorrido segunda-feira (9).
Com os assaltantes foram apreendidos: dois revólveres calibre 38, duas espingardas calibre 12, uma metralhadora Bretta calibre 9mm e um fuzil 762, ambos de uso exclusivo das Forças Armadas, 35 munições calibre 12, um cabo de madeira de revólver, uma calça camuflada, um capuz de cor preta, cinco aparelhos celulares, além de 35 mil reais recuperados do assalto.



Fonte: http://www.jornalpequeno.com.br/

0 comentários:

Postar um comentário

VIDEOS

Loading...