sexta-feira, 22 de julho de 2011

Piratas matam passageira de embarcação na ilha de Marajó, no Pará

Uma mulher de 20 anos foi morta em um navio atacado por piratas na madrugada desta sexta-feira na região da ilha de Marajó, no norte do Pará.
Pelo menos três homens armados entraram na embarcação de grande porte que seguia de Belém a Sebastião da Boa Vista, com cerca de 45 passageiros.
Rafaela Cavalcante levou um tiro na cabeça. Segundo o delegado Sílvio Maués, diretor de delegacia do interior, testemunhas relataram que o disparo foi acidental, quando um dos assaltantes usava a arma para agredir outro passageiro.
Os homens fugiram com pertences das vítimas em uma 'rabeta', embarcação de pequeno porte geralmente usada nesse tipo de crime. Maués diz que a polícia faz buscas nos rios.
A Folha relatou no domingo a existência de piratas na região, que são temidos por pescadores, produtores, ribeirinhos e turistas que trafegam pelos extensos rios próximos a Marajó.
Em 2011, foram 19 assaltos registrados pela polícia nos 16 municípios do arquipélago, que tem 487 mil habitantes. Líderes da região ouvidos pela reportagem disseram que os casos passam de 150. Outras duas pessoas foram mortas neste ano, segundo a Polícia Civil.
A Secretaria Estadual de Segurança disse que planeja criar um grupo antipirataria com 80 policiais e bombeiros.

Fonte: FOLHA de SP

0 comentários:

Postar um comentário

VIDEOS

Loading...