CHAVES MORRE: ROBERTO BOLAÑOS, O ATOR DE CHAVES E CHAPOLIN, MORRE AOS 85 NO MÉXICOA

MÉXICO — Morreu nesta sexta-feira (28) o ator mexicano Roberto Bolaños, conhecido por criar e interpretar os personagens Chaves e Chapolin Colorado.)......

PELÉ FALA COM FAMILIA PELO FACEBOOK E ENCOMENDA FEIJOADA

O final da tarde desta sexta-feira (28) foi alívio para dona Celeste, mãe de Pelé. A preocupação díminui quando ela não apenas falou, mas viu o filho no vídeo pelo Facebook.......

COMO OBTER UM RENDA EXTRA

PAGINA LUCRATIVA E O METÓDO, COM BAIXO CUSTO DE INVESTIMENTO E O SEU LUCRO PODE SOLSER ALCANÇADO DE DENTRO DE SUA PRÓPRIA RESIDÊNCIA......

Amigo de Pelé, torcedor do América e 'perna de pau', ator de 'Chaves' morre aos 85 anos

Morreu nesta sexta-feira (28/11) o ator mexicano Roberto Gomez Bolaños, aos 85 anos, segundo o canal Televisa. Ele ficou famoso pelos personagens "Chaves" e "Chapolin Colorado", do seriado exibido até hoje pelo canal SBT........

Esporte!

Ceni desiste de aposentadoria e renova com São Paulo até agosto, pensando na Libertadores!......

terça-feira, 29 de abril de 2014

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Os trilhos do Brasil, do boom à ferrugem

video
 
 
Os trilhos do Brasil, do boom à ferrugem
O boom econômico brasileiro trouxe grandes projetos de construção para capacitar o interior empobrecido. Mas à medida que a economia esfriou, muitos projetos ficaram inacabados, deixando um legado de segregação e abandono.

Fonte: the new york times, http://nytsyn.br.msn.com/videos

Exército faz simulações na cidade de Marabá-PA, para missão de Paz no Haiti


Cerca de 900 militares participaram de treinamento para a missão de paz no Haiti em 21 oficinas realizadas simultaneamente em vários pontos da cidade, ante ontem segunda-feira (14). O estágio básico de operações de paz acontece durante toda a semana e inclui simulações de possíveis ocorrências ao longo da estadia do Exército no país estrangeiro.
Na Escola “Irmã Theodor” a, localizada no Bairro Liberdade, um grupo de militares realizou a simulação de segurança durante a chegada de uma autoridade, segurança em eleições e controle de distúrbios, como manifestações populares. Além disso, outras atividades envolvem situações de patrulha, exercícios de tiro e ações de assistência social.
“Estamos tentando simular tudo o que podemos encontrar no Haiti”, ressalta o capitão de corveta Carlos Eduardo Navazio, da Marinha. Na próxima semana, o 20º Batalhão Brasileiro que parte rumo ao Haiti vai passar por um período de reajustes e na última semana do mês de abril acontece o estágio avançado de operações de paz. “Seremos avaliados por um centro conjunto de operações de paz que vem diretamente do Rio de Janeiro”, acrescenta o capitão.
Participam do treinamento homens da Marinha, Força Aérea e militares de outros países, como Paraguai, Canadá e Bolívia. “A 23ª Brigada de Infantaria de Selva se sente honrada por ter a oportunidade de conduzir o preparo do 20º Batalhão Brasileiro que vai para o Haiti. Esse preparo começou desde o ano passado, quando recebemos a missão e começamos a fazer a seleção do pessoal”, afirma o comandante da 23ª Brigada, general Estevam Cals Theophilo Gaspar de Oliveira.
A seleção agregou, entre outras etapas, entrevistas psicológicas e testes físicos. “Temos o que há de melhor em toda a nossa Brigada e nos pelotões que vieram de outras unidades”, assegura o general Theophilo. No domingo (13), os militares que farão parte da missão estiveram na Formatura de Apronto Operacional, concluindo a fase de concentração. “O que esperamos é que o 20º contingente saia do Haiti, em dezembro deste ano, com a missão completamente cumprida, deixando a melhor imagem possível entre a população haitiana”, finaliza o comandante da Brigada. (Esaú Moraes)

Fonte: http://www.ctonline.com.br

sábado, 5 de abril de 2014

Aos 66 anos, morre o ator José Wilker

De acordo com a Globo News, o artista dormia na casa da companheira, a jornalista Claudia Montenegro, na zona sul do Rio de Janeiro, quando foi vítima de um infarto fulminante. Uma ambulância teria sido chamada para levá-lo ao Hospital Samaritano, mas, ao chegar, os socorristas teriam detectado que não havia mais nada a fazer.
Com uma extensa lista de trabalhos no teatro, na TV e no cinema, o veterano deixa duas filhas: Isabel e Mariana.
O último papel do famoso nas telinhas foi como o Hebert de 'Amor à Vida' - trama antecessora de 'Em Família' na TV Globo.
O velório acontecerá no Teatro Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro. O corpo será cremado.

José Wilker começou sua consagrada carreira no mundo artístico no teatro. Nos palcos, o artista conquistou, ainda no início de sua trajetória profissional, o prêmio Molière de Melhor Ator, em 1970, pela peça 'O Arquiteto e o Imperador da Assíria'.
O diretor também fez parte do elenco da famosa montagem de 'O Rei da Vela', do Teatro Oficina.
Com talento mais do que comprovado, o auge da carreira de José Wilker aconteceu mesmo na televisão, quando, assim que atuou em sua primeira novela, 'Bandeira 2' (1972), ganhou status de galã.
Em 1975, por exemplo, ele deu vida ao bonitão Mundinho falcão, na primeira versão de 'Gabriela', na TV Globo, e foi aclamado pela mulherada de plantão.
Entretanto, Wilker não se acomodou como mais um rostinho bonito em frente às telinhas e se manteve em evidência sempre com diversos papéis complexos e irreverentes.
Em seu currículo, grandes destaques se acumulam. Dentre eles o empresário Fábio, na minissérie Anos Rebeldes (1992), e o presidente Juscelino Kubitschek, na minissérie JK (1996).

Fonte: http://entretenimento.br.msn.com

VIDEOS

Loading...